PCHAE – Programa Ciência Hoje de Apoio à Educação

Entenda passo a passo como funciona o Programa

O PROGRAMA CIÊNCIA HOJE DE APOIO À EDUCAÇÃO promove sensíveis mudanças na postura e no aprendizado de alunos e professores do ensino fundamental, estimuladas pela alfabetização científica.

A PARTICIPAÇÃO DO PROGRAMA é concretizada por meio da parceria com Secretarias de Educação, customizada para cada realidade, oferecendo material pedagógico de qualidade à rede pública. A revista Ciência Hoje das Crianças é utilizada como principal instrumento de aprendizagem, associada à formação docente.
PODE SER DESENVOLVIDO em qualquer município brasileiro, pois se adapta à estrutura de educação local e não gera gastos adicionais, o que o configura como o programa de alfabetização científica com o menor custo do Brasil há mais de uma década.
revista

INSTRUMENTO

REVISTA CIÊNCIA HOJE
DAS CRIANÇAS

No PCHAE, cada aluno e professor recebe uma assinatura da CHC, primeira e única revista de divulgação científica para crianças, editada há 20 anos e distribuída pelo MEC para 60 mil escolas públicas. Confira o valor aqui.
O PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES é elaborado por meio da realização de módulos, circuitos ou oficinas, cada um com uma proposta diferenciada de aprendizagem ancorada no conceito de educomunicação e planejada em conjunto com a Secretaria de Educação.
revista

INSTRUMENTO

REVISTA CIÊNCIA HOJE
DAS CRIANÇAS

A formação é baseada no uso da CHC, que permite trabalhar diversas disciplinas ancoradas no centro de interesse do aluno. É uma rica ferramenta que atende a todas as necessidades do educador na contextualização do saber científico e na transferência para a prática.
revista

INSTRUMENTO

REVISTA CIÊNCIA HOJE
DAS CRIANÇAS

A CHC não é apenas uma ferramenta de leitura científica. Por sua natureza, desenvolve uma variedade de linguagens associadas que colaboram explicitamente para a leitura e letramento, para a alfabetização científica e para a mudança de postura mais ativa.
A ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA É FUNDAMENTAL no estímulo à capacidade de olhar o mundo, problematizar a situação vivida e resolvê-la no diálogo crítico e criativo. A Ciência, encarada como uma forma de pensar, significa ampliar o universo da criança.
A POSTURA CIENTÍFICA contribui para o desenvolvimento da cidadania e de habilidades, como a prática da leitura e escrita significativas, estimula a presença da comunidade na vida da escola e envolve crianças e adultos na intervenção para modificar sua própria realidade.
revista

INSTRUMENTO

REVISTA CIÊNCIA HOJE
DAS CRIANÇAS

A atualidade e a variedade de assuntos abordados na revista CHC garantem a renovação constante do projeto, ajudando na conscientização das crianças, professores e comunidade sobre hábitos saudáveis, cidadania, sustentabilidade, entre outros.
A FORMAÇÃO CONTINUADA permite o avanço no trabalho dos professores, pois cada módulo, circuito e oficina desenvolve, ano a ano, novas estratégias de aprendizagem, proporcionando assim, uma variedade de práticas inovadoras.

Resultados e Abrangência

Clique nas marcações no mapa e conheça as cidades onde o PCHAE já foi realizado.

mais de 500 mil crianças atendidas em 12 anos de programa 13 mil professores da rede pública formados

“O programa tem mostrado que além da curiosidade pelos assuntos científicos, os alunos estão adquirindo o gosto pela leitura. Já sentimos melhoria no trabalho dos professores dentro e fora da sala de aula”.

Gilberto Borges (Secretário de Educação de Botucatu)

“Estabelecemos a parceria com o PCHAE nas 130 escolas com baixo Ideb. As escolas que se envolveram tiveram média mais alta que a da rede. Acreditamos que o impacto do programa é muito positivo”.

Cláudia Costin (Secretária de Educação do Rio de Janeiro)

“Com essa parceria estamos oferecendo ferramentas práticas para a construção de uma postura científica, estimulando o questionamento e busca de respostas. O Programa mostra que podemos atingir, de forma muito positiva, alunos, professores e comunidade”.

Roberta Oliveira (Diretora do Departamento de Formação e Acompanhamento Pedagógico de Diadema)

“Com essa parceria estamos oferecendo ferramentas práticas para a construção de uma postura científica, estimulando o questionamento e a busca de respostas tanto nos alunos como nos professores”,

Professora Mazé Favarão (Secretária Municipal de Educação de Osasco)

“O interesse pela ciência pode ser ampliado para causas relacionadas à saúde, aos animais, ao corpo humano, ao meio-ambiente, etc. Os organizadores estão de parabéns pela competência com que conduziram este projeto”.

Gilsete Prado (Superintendente municipal de Educação de Francisco Morato)

“A parceria com o PCHAE é enriquecedora para alunos e professores. Esse projeto trouxe um gás para o ensino de ciência. Despertar o interesse científico no aluno e estimulá-lo é fundamental”.

Helena Bomeny (Subsecretária de ensino da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro)

“O uso da Revista CHC é bastante eficaz, pois ajuda no ensino de português e matemática nos três primeiros anos do Ensino Fundamental. Já no 4º e 5º anos a ideia é tratar elementos da Ciência que podem ser integrados a outras disciplinas”.

Valéria Velis (Diretora do departamento Pedagógico da secretaria de Educação de Rio Claro)
// Analytics